fb-no-script
CANCELAR






Como interpor recurso para prova da OAB

2ª fase do XXIV Exame de Ordem

19/01/2018 - por Manoela Moreira

recurso-oab-

Neste domingo, dia 21 de janeiro de 2018, milhares de estudantes e bacharéis em Direito farão a 2ª fase do XXIV Exame de Ordem. Antes mesmo de realizar a prova, muitos alunos já ficam se perguntando como elaborar um recurso para o exame de ordem.

Nesta etapa, é importante salientar que você precisará se basear no espelho de prova divulgado pela FGV, identificar quais pontos não foram considerados na correção e defender as argumentações.

 

Recurso 2ª fase OAB XXIV

Antes de mais nada, atente-se aos prazos! A OAB e a FGV estipulam que os candidatos só poderão interpor recurso entre os dias 20 e 23 de fevereiro de 2018. A decisão dos recursos acerca do resultado preliminar e divulgação do resultado final do Exame será divulgada no dia 06 de março de 2018.

Espelho de prova: 21/01/18

Resultado preliminar: 19/02/18

Prazo recursal: 20 a 23/02/18

Resultado final: 06/03/18

 

Para saber mais detalhes de como a FGV analisa os recursos, leia nossa matéria completa com o passo a passo para interpor recurso na OAB!

 

Comentários da prova

Vale lembrar que, após a 2ª fase da OAB XXIV, você poderá acompanhar os comentários sobre a avaliação assistindo ao Gabarito Extraoficial. O evento é online, gratuito e conta com todo o respaldo dos melhores professores, que são experts em Exame de Ordem. Ficou interessado? Fique por dentro de todos os detalhes do Gabarito Extraoficial aqui! A partir dos comentários, você saberá quais os pontos que deve apostar na elaboração do seu recurso.

 

Agora, vamos ao passo a passo da elaboração do seu recurso!

1 – Imprima a sua prova e o espelho de correção.

2 – Com eles, marque todos os itens que não atingiu a nota máxima com um marca texto.

3 – Localize a resposta correta em conformidade com o gabarito ou outro argumento equivalente.

 

Observações importantes

  • Utilize sempre a 3ª pessoa.
  • Não se identifique em hipótese alguma. Refira-se a si com “o candidato”.
  • Especifique as linhas em que você escreveu o que quer defender. 
  • Não desrespeite a banca.
  • Limite-se ao espaço de 5 mil caracteres.
  • O seu recurso é único. Fundamentações idênticas serão punidas pela banca.
  • Para não perder o prazo, comece o quanto antes.

 

Como enviar o recurso para a FGV

A FGV disponibiliza uma “aba” no site que você terá acesso, mediante o fornecimento da sua matrícula de inscrição. Com isso, você poderá inserir o recurso. É bem simples e intuitivo. 

 

Precisa de ajuda para elaborar o seu recurso?

Se você estiver sentindo muita dificuldade ao elaborar o seu recurso, não precisa se desesperar. Para casos como o seu, existe a Ad Verum, nossa parceira. O serviço profissional é indicado aos candidatos que não se sentem seguros para elaborar o recurso sozinhos.

 

Dúvida frequente

Muitos candidatos se perguntam até quantos pontos podem conseguir a mais interpondo recurso. Isso vai depender do seu caso concreto na hora de interpor. Imagine, por exemplo, um recurso fundamentado no fato de uma questão inteira da prova não ter sido apreciada pela banca? Neste caso, o recurso irá pedir toda a pontuação. Vale lembrar que a via recursal é muito estreita e as estatísticas provam isso. Fazer um recurso bem-feito, sem ilusões e sem copiar os fundamentos de ninguém é de suma importância para o sucesso.