fb-no-script
CANCELAR






Especial Direito sem mistérios: Direito Administrativo

Administrativo é figura carimbada nos concursos.Investir na matéria é garantir pontos na prova

14/03/2017 - por Amanda Melo

Direito Administrativo é uma disciplina cobrada atualmente em todos os concursos públicos, tendo em vista que se trata do estufo da máquina estatal, funcionamento e os próprios direitos e deveres dos servidores. E para você fechar esta prova do seu próximo concurso, confira as dicas da professora de Direito Administrativo do meuconcurso.com Shirley Gisele.

Conteúdo

Para compreender os diversos conteúdos da disciplina é muito importante que o aluno estude bem a parte inicial da matéria - como princípios, fontes e objeto do Direito Administrativo.

 “A partir deste conhecimento massificado, a compreensão dos temas mais recorrentes em provas, como leis esparsas e procedimentos, ficará muito mais fácil”, explica Shirley Gisele. A docente também recomenda que o aluno eleja um manual de Direito Administrativo, com o qual se identifique, para consultar durante toda a preparação.

Entres os tópicos que exigem atenção dos alunos na prova de Direito Administrativo por serem essenciais em qualquer concurso, a professora elenca:

  • Princípios, Fontes, Objeto de estudo do Direito Administrativo.
  • Organização da Administração Pública
  • Poderes da Administração Pública
  • Atos administrativos (sempre)
  • Licitações e Contratos

Jurisprudência

A diferença no conteúdo para provas de técnico e analista é muito sutil. Consiste em conhecimento um pouco mais aprofundado da doutrina e jurisprudência. As bancas organizadoras dos concursos costumam cobrar a letra da lei, porém é imprescindível o conhecimento doutrinário no tocante a classificação e conceitos. Os doutrinadores mais adotados pelas bancas atualmente são: Maria Sylvia Zanella Di Pietro, José dos Santos Carvalho Filho, Celso Antônio Bandeira de Mello e Hely Lopes Meirelles.

Acompanhar a jurisprudência nem sempre é tarefa simples, por isso, os cursos começando do zero apresentam ao aluno as posições defendidas por cada autor, facilitando a compreensão dos assuntos. “O estudo da jurisprudência é de suma importância também, julgados do STF, STJ e Tribunais de Contas sempre são cobrados”, ressalta a professora.

Técnicas de estudo

Mas diante de tantos assuntos e classificações doutrinárias, como memorizar os conteúdos e evitar as cascas de banana da prova? Essa é uma queixa comum dos alunos que pode ser contornada com algumas técnicas de estudo. “A dica é fazer mapas mentais e sempre atentar para as nomenclaturas utilizadas porque remetem a definição da teoria”, recomenda Shirley.

Outras sugestões importantíssimas são as revisões diárias, a resolução de questões e a leitura da lei. Você pode até já saber disso, mas para conquistar a aprovação em um concurso ou pelo menos se dar bem na prova de Direito Administrativo tem que colocar em prática essa regrinha básica. Dedicação, foco e um plano de estudos que contemple essas etapas de preparação são fundamentais.

Preparação

Para quem deseja explorar todos as nuances da disciplina e garantir a confiança necessária para fazer uma boa prova, é importante uma preparação completa sob a orientação do professor. Uma excelente opção é o Curso Começando do Zero. O curso foi estruturado de forma cronológica, aquilo que deve servir de base para os mais diversos temas são explorados exaustivamente. Os temas são explicados e demonstrados na prática através de questões, onde os erros e acertos são destacados.

Você pode se interessar por:

CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS – TRIBUNAIS | CARREIRA JURÍDICA | FISCAL | POLÍCIA