CANCELAR






Entenda o Exame de Ordem na visão FGV

Confira dados e estatísticas publicados pela instituição sobre a prova

02/03/2017 - por Amanda Melo

A Fundação Getúlio Vargas divulgou dados importantes para os examinandos que estão se preparando para a prova da OAB. O documento consiste em um relatório com dados relativos a faculdades, matrículas, inscrições no Exame de Ordem, bem como as reprovações em tal certame, ou seja, um verdadeiro Raio X da OAB. Compilamos alguns desses dados para otimizar seus estudos. Confira:

Estatísticas de desempenho e resultados nos exames

A análise contempla, portanto, os resultados referentes às últimas 16 edições do Exame: do II ao XVII Exame. Nesse período, 1,91 milhão de inscrições foram contabilizadas – o equivalente a uma média de 119 mil inscritos por edição e 359 mil a cada ano. No referido intervalo de tempo, 639 mil pessoas participaram das provas. Desse contingente, 360 mil examinandos (56%) foram aprovados no Exame de Ordem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 - Evolução do número de candidatos inscritos e aprovados por edição do Exame de Ordem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A identificação de cada examinando por seu CPF permite avaliar e filtrar o desempenho com base no número de participações no Exame de Ordem. Entre a II e a XVII edições, os examinandos realizaram, em média, 2,9 inscrições. Com isso, é possível afirmar que a cada nova edição, cerca de 30% dos examinandos presentes na primeira fase participaram da prova pela primeira vez.

 - Inscritos, aprovados e taxa de aprovação por número de exames realizados entre o II e XVII Exame

 

 

 

 

 

 

 

O gráfico acima evidencia uma relação inversa entre a taxa de aprovação e o número de participações no Exame de Ordem. Uma das possíveis hipóteses para justificar essa relação está associada à melhor formação e preparação dos examinandos que são aprovados logo nas primeiras oportunidades. À medida que são necessárias novas tentativas, restam indivíduos cada vez menos preparados para atender às exigências do Exame, o que explicaria o menor aproveitamento.

- Distribuição percentual dos aprovados por número de exames realizados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A partir da distribuição percentual dos aprovados segundo número de exames realizados, apresentada acima é possível avaliar também que, para 143 mil indivíduos (ou 40% do contingente de aprovados), a aprovação foi obtida já na primeira oportunidade. Para 75% dos aprovados no Exame (269 mil examinandos), foram necessárias até três participações para obtenção do aproveitamento necessário na segunda fase.

- Taxa de Aprovação Média por Região

 

 

 

 

 

 

 

Segundo a tabela, e considerando as 16 edições avaliadas, quase metade do contingente participante (281,1 mil examinandos ou 44% do total) inscreveuse para a realização das provas em seccionais da Região Sudeste. Em seguida, destacaram-se as seccionais do Nordeste (com 20% dos examinandos); Sul (16%); Centro-Oeste (13%) e Norte (7%).

- Nota média na prova discursiva por faixa de aproveitamento na primeira fase

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A partir da tabela, verifica-se que quanto maior o aproveitamento na primeira fase, maior foi a nota média obtida pelos examinandos na prova discursiva. A tabela também evidencia que o melhor aproveitamento na 1ª fase entre os examinandos provenientes dessa etapa em relação àqueles provenientes do Reaproveitamento. Entre os examinandos que passaram pela 1ª fase, 68% (219,9 mil) se encontravam na faixa de rendimento mais baixo e 27% (88 mil) tiveram rendimento entre 60% e 69%. Entre os estudantes provenientes do Reaproveitamento, 83% (28,8 mil) concentraram-se na faixa de aproveitamento mais baixa e 16% (5,4 mil) tiveram rendimento entre 60% e 69%.

 - Prova objetiva: aproveitamento médio* por disciplina da primeira fase

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em média, os melhores aproveitamentos na prova objetiva entre o II e o XVII EOU foram observados nas seguintes disciplinas: Estatuto da OAB / Código de Ética (65%), Direito do Consumidor (56%) e Estatuto da Criança e do Adolescente (54%). Com as menores taxas de aproveitamento, por sua vez, figuraram as seguintes disciplinas: Direito Penal (38%), Direito Internacional (37%) e Direito Empresarial (33%).

Para garantir um estudo intenso nessa fase final, confira 3 coisas que um examinando pode errar na sua preparação. 

Preparação completa para 1ª fase da OAB

No dia 2 de abril, bacharéis de Direito de todo o Brasil realizarão a prova de 1ª fase do XXII Exame de Ordem da OAB. Com pouco tempo para a prova e um longo caminho ruma à aprovação, uma preparação completa e intensiva é fundamental. 

Pensando nisso, o CERS lança um combo essencial para você obter um excelente desempenho na prova: Intensivão Vamos Juntos + Projeto 10 mais + Revisaço Online.

No Vamos Juntos, você terá acesso a 62 aulas, nas quais os professores vão oferecer ampla revisão teórica dos principais pontos abordados na OAB, além da correção de questões de provas anteriores aplicadas pela banca FGV.

Vantagens do curso:

Raio X dos temas mais cobrados por disciplina: no início da primeira aula de cada disciplina cobrada no exame de ordem, nossos professores farão uma análise rigorosa e estatística dos temas mais cobrados nos exame de ordem realizados pela banca FGV, otimizando assim o tempo, além de direcionar e facilitar o estudo do aluno;

Plantão de dúvidas online: canal direto com o professor, que possibilita o esclarecimento de dúvidas por parte dos alunos via área do aluno no site CERS cursos online.

Dicas em áudio (Pod Cast): através do aplicativo CERS  no bolso, os alunos poderão acessar, diariamente, dicas em áudio elaboradas pelos nossos professores especialistas em exame de ordem;

Realização de 4 simulados: serão realizados, sob a coordenação da AD Verum, quatro (4) simulados com correção em vídeo, exclusivos para os alunos matriculados.

Com o Projeto 10+, você vai assistir a 09 horas de aula no conforto da sua casa ou no local que melhor lhe convier. São dicas especiais dos professores especialistas em Exame de Ordem, transmitidas ao vivo, às vésperas da prova da OAB.

Além disso, o aluno matriculado recebe como bônus:

Curso Descomplicando o Exame de Ordem (Prof. Maurício Gieseler): curso online com 04 (quatro) horas de duração, onde serão apresentadas as características das provas da 1ª fase.

Plantão de dúvidas online: canal direto com o professor, que possibilita o esclarecimento de dúvidas por parte dos alunos via área do aluno no site CERS cursos online.

Correção em vídeo de três simulados disponibilizados pelo PEO, exclusivo para os alunos matriculados no curso os quais serão disponibilizados nas seguintes datas:

1º simulado: 31/01/2017 (já disponível)

2º simulado: 03/03/2017

3º simulado: 17/03/2017

Acesse: COMBO: INTENSIVÃO VAMOS JUNTOS + PROJETO 10 MAIS - OAB 1ª FASE XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO