CANCELAR






Concurso de Delegado da Polícia Civil do Mato Grosso

Cebraspe emite nota sobre supostas irregularidades na prova

09/10/2017 - por Manoela Moreira

A prova objetiva do concurso para delegado da Polícia Civil do Mato Grosso foi realizada ontem, 8 de outubro de 2017. O certame registrou 13.290 candidatos, após a suspensão temporária e reabertura das inscrições.

Alguns candidatos denunciaram a suposta violação dos envelopes com os cadernos de provas. Além desta irregularidade, fotos do cartão de resposta tiradas durante a aplicação do exame circulam na internet. As regras proíbem o uso de celulares na sala. 

O Cebraspe, responsável pela organização do concurso, emitiu uma nota oficial:

 

Nota Cesbraspe

O Cebraspe informa que a primeira fase do concurso público para o cargo de Delegado da Polícia Judiciária Civil do Mato Grosso (PJC/MT) – a aplicação das provas escritas objetivas e escrita dissertativa – ocorreu com sucesso em Cuiabá (MT)

Este Centro informa que os envelopes de prova são confeccionados de plástico e, no momento que são lacrados, podem acabar com leves rugas devido à cola utilizada. O malote de provas, que carrega os envelopes até as salas, permaneceu com seu lacre de aço intacto até o momento da abertura frente aos candidatos.

Quanto às imagens que circulam nas redes sociais, o Cebraspe ressalta que, conforme regras editalícias, os candidatos que usarem celulares ou smartphones dentro das salas de provas, dentre outros aparelhos eletrônicos, serão eliminados do concurso.

 

Análise da prova

Para o professor do CERS André Carneiro, a prova foi muito bem elaborada tanto na parte de história quanto na parte de geografia. “Estou certo que o aluno CERS que acompanhou as 12 horas de aula e resolver todos os exercícios teve uma boa oportunidade de acertar todas as sete questões ou chegar bem perto”, afirmou.

 

Gabarito e Recursos

O gabarito preliminar está previsto para ser divulgado no dia 10 de outubro, no site do Cespe. A partir das 9h do dia 11 até 18h do dia 12 de outubro, os candidatos poderão interpor recurso.

A próxima etapa prevista é a prova oral, marcada para 25 e 26 de novembro. O cargo de delegado MT tem salário de R$ 19.316,49.

 

Suspensão

Após a suspensão do concurso para delegado da Polícia Civil de Mato Grosso (MT), foi publicada a retificação do edital do certame com nova data da prova objetiva. O concurso havia sido suspenso por determinação da Justiça Estadual, que exigia a anulação do critério da idade mínima de 21 anos e máxima de 45 anos aos candidatos.

Devido à alteração, o período de inscrição será reaberto entre os dias 6 e 20 de julho de 2017. E a prova objetiva foi remarcada para 8 de outubro de 2017. Aproveite esta oportunidade de reforçar os seus estudos com o curso específico do CERS para o concurso de delegado do Mato Grosso. 

 

Sobre a inscrição:

As inscrições foram encerradas e o cadastro pôde ser realizado entre os dias 6 e 20 de julho no site da banca organizadora. A taxa de inscrição custou R$180. A seletiva será organizada pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe/UnB e pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. 

Sobre as vagas:

As vagas do certame destinam-se para cadastro de reserva. No entanto, a expectativa é que cerca de 100 candidatos sejam convocados.

Os interessados em concorrer a uma das vagas deverão ter Bacharelado em Direito. O salário inicial é de R$ 19.316,49, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Sobre as etapas de seleção:

Os candidatos serão submetidos às seguintes etapas:

I – primeira fase: a) provas escritas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe; b) prova escrita dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

II – segunda fase: a) prova oral, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe; b) avaliação de títulos, de caráter classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

III – terceira fase: exame de saúde, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

IV – quarta fase: teste de aptidão física, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

V – quinta fase: avaliação psicológica, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

VI – sexta fase: investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PJC/MT.

Sobre as provas:

A prova objetiva foi remarcada para o dia 8 de outubro de 2017, pela manhã, e prova dissertativa à tarde. Antes da suspensão, a prova estava prevista para o dia 9 de julho. 

Sobre o conteúdo programático:

Conhecimentos Básicos

Língua Portuguesa

Princípios da Ética e da Filosofia

Geografia de Mato Grosso

História Política e Econômica de Mato Grosso

Conhecimentos Específicos

Direito Administrativo

Direito Constitucional

Direito Penal

Direito Processual Penal

Legislação Complementar

Conheça a carreira de Delegado:

Uma das carreiras mais cobiçadas no universo jurídico é a de delegado. O cargo é exercido por servidor público aprovado em concurso e exige-se de nível superior em Direito. No entanto, para seguir carreira é preciso algo a mais: vocação.

O Código de Processo Penal Brasileiro confere ao delegado de Polícia o status de Autoridade Policial (Art. 4º, caput). Sua formação profissional é realizada na academia de polícia do seu Estado.

São atribuições do Delegado de Polícia, entre outras previstas em Lei: presidir inquéritos policiais, elaborando Portarias, despachos interlocutórios e relatórios finais, termos circunstanciados e autos de prisão em flagrante; apreender objetos que tiverem relação com o fato delituoso e requisitar perícias em geral para a formalização da prova criminal; cumprir e fazer cumprir mandados de prisão; dirigir e orientar a investigação criminal e todos os atos de polícia judiciária de uma Delegacia de Polícia ou qualquer outro órgão policial; proceder a verificação e exame dos atos ilícitos chegados a seu conhecimento, tomando as providências jurídicas que o caso requer; elaborar relatórios, bem como, representar pela decretação judicial de prisões temporárias; proceder a sindicâncias administrativas, processos administrativos disciplinares; expedir e fiscalizar a emissão de documentos públicos de sua competência; gerenciar o órgão policial em que estiver lotado; realizar atividades afins ou correlatas.

Leia também: Delegado de Polícia - vocação e estudo

 
 
Plantão dos concursos: Delegado da Polícia Civil do Mato Grosso