CANCELAR






CURSO DE DIREITO DO TRABALHO PARA ADVOGADOS - CERS CORPORATIVO - PROFESSOR GUSTAVO CISNEIROS (DISCIPLINA ISOLADA)

Vídeo explicativo

CURSO DE DIREITO DO TRABALHO PARA ADVOGADOS - CERS CORPORATIVO - PROFESSOR GUSTAVO CISNEIROS (DISCIPLINA ISOLADA)

Carga horária: 32 h/a

I - OBJETIVO

 

Como já se sabe, a rotina do advogado trabalhista militante não é fácil. Marcada por uma infinidade de audiências e reuniões com os clientes, muitas vezes o advogado trabalhista se descuida da disciplina mais importante para a sua atuação: o Direito do Trabalho.

Na tentativa de solucionar esse problema, o CERS Cursos Online oferece aos formandos e formados em Direito que atuam na seara trabalhista um curso especial de DIREITO DO TRABALHO aplicado à rotina do advogado trabalhista.

Composto por 32 horas e abordando temas como “estabilidade provisória e casos de estabilidade definitiva; contratação por prazo determinado; aplicação do Inquérito Judicial; formalização da rescisão contratual e multas; excludentes das multas; demissão por justa causa e os princípios da ampla defesa e do contraditório; demissão por justa causa; requisitos de validade da justa causa; rescisão indireta do contrato, este curso é ministrado pelo professor e juiz do trabalho Gustavo Cisneiros, experiente mestre da seara do Direito do Trabalho, o qual conduzirá o estudo dos temas de acordo com a necessidade do Advogado Trabalhista.

II - CARGA HORÁRIA

 

Serão gravadas 16 aulas, de aproximadamente 2 (duas) horas cada encontro.

 

III - GRAVAÇÃO DE AULAS

 

As disponibilizações das aulas ocorrerá a partir do dia 11 de abril de 2016.

 

O curso será realizado na modalidade online, sendo as aulas gravadas e disponibilizadas no site no prazo de 48 horas da sua gravação, sendo acessível aos alunos matriculados. 

 

O aluno terá o prazo, IMPRETERÍVEL/IMPRORROGÁVEL, de 100 (cem) dias para assistir a todas as aulas deste curso.

 

O aluno poderá assistir cada aula até 02 (duas) vezes, no horário que achar conveniente, bastando possuir um computador e acesso á internet banda larga. 

Em hipótese alguma será permitida a gravação das aulas, vindo a incorrer em sanções cíveis e penais quem o fizer.

Considerando a proteção streaming utilizada nos vídeos, o aluno, antes de efetuar a matrícula, deverá assistir, gratuitamente, à aula-demonstração, testando a respectiva conexão, evitando problemas futuros.

 

NÃO ACONSELHAMOS A UTILIZAÇÃO DA TECNOLOGIA 3G, UMA VEZ QUE, A TAXA DE TRANSFÊNCIA DE EXIBIÇÃO DOS VÍDEOS, DIMINUI NO DECORRER DO MÊS, DIFICULTANDO O ACESSO DO ALUNO ÀS AULAS.

  • Gustavo Cisneiros

 

Parte 01 

Terceirização. Licitude e Ilicitude.

Parte 02

Situação dos operadores de telemarketing.

Parte 03

Atividade-fim e atividade-meio.

Parte 04

Responsabilidade subsidiária e responsabilidade solidária.

Parte 05

Limites da responsabilização indireta do tomador.

Parte 06

Desconsideração da personalidade jurídica do devedor principal como requisito para a execução do devedor subsidiário.

Parte 07

Terceirização e falência da empresa interposta.

Parte 08

Terceirização em órgãos públicos.

Parte 09

Trabalho Temporário.

Parte 10

Contrato de Facção. – Grupo Econômico.

Parte 11

Solidariedade Dual (ativa e passiva).

Parte 12

Sucessão Trabalhista.

Parte 13

Aquisição de empresa integrante de grupo econômico.

Parte 14

Incorporação e Fusão.

Parte 15

Arrendamento.

Parte 16

Sucessão – teoria clássica e teoria moderna.

Parte 17

Contrato de empreitada e responsabilidade do dono da obra.

Parte 18

Contrato de subempreitada. - Vínculo empregatício (reconhecimento e negativa) – informações essenciais para os advogados do reclamante e do reclamado – negativa de vínculo pura e qualificada (diferença e sua importância na distribuição do ônus da prova).

Parte 19

Empregado Doméstico e Diarista. Súmula 363 TST e advogado público.

Parte 20

Ilicitude contratual. – Acidente do Trabalho.

Parte 21

Repercussões na relação de emprego.

Parte 22

Emissão da CAT.

Parte 23

Auxílio-doença acidentário e Auxílio-doença comum.

Parte 24

Estabilidade acidentária.

Parte 25

FGTS.

Parte 26

Aposentadoria por invalidez.

Parte 27

Responsabilidade subjetiva e objetiva patronal – indenização por dano material (emergente e lucros cessantes), dano moral e dano estético.– Rescisão contratual e sua formalização.

Parte 28

Multas e indenizações.

Parte 29

Demissão por justa causa.

Parte 30

Penas que podem ser aplicadas pelo empregador.

Parte 31

Requisitos de validade.

Parte 32

Rescisão indireta do contrato de trabalho.

Parte 33

Aviso prévio e seus desdobramentos. 

Parte 34

Suspensão e interrupção do contrato de trabalho e seus reflexos.

Parte 35

Alteração do contrato de trabalho.

Parte 36

Reversão e Rebaixamento – distinção. Transferência de localidade.– Casos de estabilidade provisória (garantia de emprego) e suas peculiaridades.

Parte 37

Gestante. Sindical.

Parte 38

CIPA.

Parte 39

Comissão de Conciliação Prévia.

Parte 40

Cooperativa.

Parte 41

Dispensa discriminatória e suas consequências.– Períodos de descanso.

Parte 42

Intervalos.

Parte 43

Férias.

Parte 44

Dano existencial.

Parte 45

Responsabilidade patronal no pré-contrato e no pós-contato (lista negra).

Parte 46

Anotações na carteira de trabalho – precaução patronal.

Parte 47

Carta de apresentação.Horas extras e compensação de jornada.

Parte 48

Formalidades.

Parte 49

Ônus da prova.

Parte 50

Empregado comissionista puro.

Parte 51

Salário misto.

Parte 52

Supressão de horas extras habituais.

Parte 53

Empregados excluídos do controle de jornada. – Horário in itinere.

Parte 54

Tempo à disposição do empregador.

Parte 55

Prontidão e Sobreaviso.

Parte 56

Empregado doméstico e a LC 150/2015.

Parte 57

Trabalho noturno e seus desdobramentos.

Parte 58

Turnos ininterruptos de revezamento.

Parte 59

Regime de tempo parcial.

Parte 60

Aprendiz.– Remuneração e verbas de natureza salarial.

Parte 61

Comissões.

Parte 62

Gorjetas.

Parte 63

Gueltas.

Parte 64

Participação nos lucros.

Parte 65

Salário in natura.

Parte 66

Equiparação salarial.

Parte 67

Rede de proteção ao salário.

Parte 68

Descontos autorizados e Descontos ilícitos.

Parte 69

Forma de pagamento.

Parte 70

Invenção do empregado.

Parte 71

Adicionais de insalubridade e de periculosidade. – Direito Coletivo e a sua importância nas relações de emprego.

Parte 72

Acordo coletivo, convenção coletiva, sentença normativa e sentença arbitral coletiva.

Parte 73

Normas costumeiras.

Parte 74

Ultratividade das vantagens previstas nas fontes formais autônomas.

Parte 75

Recentes alterações jurisprudenciais e outros assuntos.

 

 

Regras para Certificados


- Todos os certificados serão emitidos diretamente pelo site e sem nenhum custo.

- Os certificados só ficarão disponíveis após a conclusão do curso.

- Para emissão do certificado, será necessário a confirmação dos dados pessoais, tais como : nome completo (sem abreviaturas) e o número do CPF.

- Cada Certificado poderá ser impresso até 5 vezes.

- Após a emissão do certificado nenhum dado poderá ser alterado;

- O certificado deverá ser impresso em folha do tamanho A4;

- Constarão no certificado as seguintes informações: nome completo, nome do curso e carga horária;

- Não será cobrada nenhuma taxa adicional para o recebimento das declarações na unidade CERS Recife;

- O aluno terá o prazo de 12 meses após a conclusão do curso para solicitação de certificado via postal;

- Para envio do Certificado via Postal (no formato carta registrada/AR) será cobrado o valor de R$35,00 (trinta e cinco reais);

- Para envio do Certificado via Postal (no formato SEDEX) será cobrado o valor de R$50,00 (cinquenta reais);.

- Não haverá emissão de certificados via postal em caso de cursos gratuitos.



Regras para Solicitações de Declaração


- As declarações de matrícula serão solicitadas ao CERS por meio da opção "Contato" em nosso site;

- Não será cobrada nenhuma taxa adicional para o recebimento das declarações na unidade CERS Recife;

- Para solicitação de Declaração via postal o aluno terá o prazo de 12 meses após a conclusão do curso;

- Para a entrega das declarações via Postal (no formato carta registrada/AR) será cobrado o valor de R$35,00 (trinta e cinco reais);

- Para a entrega das declarações via Postal (no formato SEDEX) será cobrado o valor de R$50,00 (cinquenta reais);

- O aluno terá o prazo de 12 meses após a conclusão do curso para solicitação de declaração via postal;

- Nas declarações constarão as informações referentes, ao nome do curso, quantidade de aula, conteúdo programático e disciplina.

- Não haverá emissão de declaração em caso de cursos gratuitos.



OBS. Nos cursos com edital, não disponibilizamos conteúdo programático.

Regras de parcelamento
3x sem juros entre R$ 600,00 e R$ 1.200,00
6x sem juros entre R$ 1.200,01 e R$ 2.000,00
12x sem juros acima de R$ 2.000,01
*Todas as compras podem ser parceladas em até 12x com juros, respeitando a parcela mínima de R$5,00.